20 dicas do que fazer no verão Carioca

14 de janeiro de 2017
na categoria: Dicas, Meu Rio
20 dicas do que fazer no verão Carioca

20 dicas do que fazer no verão Carioca

 

Cariocas da gema e cariocas de coração, Tá de férias ? Só sabe que no Rio é bom ir a praia? Cristo Redentor lotado? Nãoooo!!  Eis aqui as dicas mais quentes, divertidas, gostosas enfim… As dicas mais selecionadas para você começar o ano com passeios maravilhosos aqui no Rio de janeiro. Tudo imperdível para suas férias! As dicas são válidas tanto para quem é do Rio e para quem vem passar férias! Tem muito carioca que vai amar essa matéria!! Quer conferir? Tem muita coisa boa!! Eu garantoooooo!

20 dicas do que fazer no verão Carioca

 

1- Sentir o vento batendo no rosto durante um voo de parapente. Quem já experimentou afirma: a sensação é de profunda liberdade. Os voos, que pousam na Praia do Pepino, em São Conrado, acontecem diariamente, das 8h às 18h30, e duram cerca de dez minutos. O pacote sai a 380 reais, com foto e filmagem. Mais infomrações no Clube São Conrado de Voo Livre.

Vôo Parapente

Vôo Parapente

2- Ser rebocado por uma lancha na Baía de Guanabara a 80 metros de altura. Com duração aproximada de duas horas, o passeio de parasail parte da Marina da Glória em busca de um local com as melhores condições climáticas para voar. O destino pode ser Niterói, as praias de Copacabana e Ipanema ou a própria Baía. No voo, o paraquedas é puxado pela embarcação por um período de dez a treze minutos. Permitida a partir dos 10 anos, a brincadeira custa 270 reais. Estamos loucas para experimentar esse!!!

vôo sob as águas da Bahia de guanabara

3- Arriscar-se em uma pista de patinação no gelo. Entrar numa fria, em meio ao calorão do verão carioca, pode ser uma boa nos dias com temperatura de 40 graus. No Shopping Barra Garden, os pequenos com mais de 5 anos podem praticar a modalidade por 45 reais a hora, em aulas particulares ou na colônia de férias do local.

4- Descer um morro pendurado em uma corda — e com uma das vistas mais bonitas da cidade. A Lagoa Rodrigo de Freitas pode ser admirada de um ponto privilegiado: o Morro Dois Irmãos. A experiência fica ainda mais memorável quando o programa inclui o rapel, após a trilha que leva ao topo do mirante, com duração de cerca de uma hora. Inclui equipamento de segurança e fotos (120 reais).

5- Completar uma prova de corrida em um cartão-postal carioca. Em homenagem ao padroeiro da cidade, a Corrida de São Sebastião reúne mais de 5 000 inscritos no Aterro do Flamengo. Acontece em 20 de janeiro, a partir das 7h30, com percursos de 5 e 10 quilômetros e inscrições a 90 reais. Em 29 de janeiro, ocorrerá ainda a versão infantil, no Cefan, na Penha, com taxa de 50 reais. Aterro do Flamengo, http://www.corridadesaosebastiao.com.br.

Corrida São Sebastião!

Corrida São Sebastião!

6- Ir a um ensaio de escola de samba do Grupo Especial. Às vésperas do Carnaval, esse é um dos programas obrigatórios da estação — nem que seja uma única vez na vida. Todos os sábados de janeiro, a Salgueiro realiza o ensaio de seu grande show, com passistas, bateria, baianas, casais de mestre-sala e porta-bandeira, e seus sambas tradicionais, a partir das 22h na quadra da escola, no Andaraí. O ingresso custa 100 reais.

salgueiro2

7- Desfrutar todas as comodidades de um beach club. Situado na Ilha da Coroa, na entrada da Barra, o Rio Beach Club  oferece infraestrutura para quem deseja aproveitar, por um dia, as instalações de um clube. No day use, por 120 reais, é possível curtir piscina, quadra de areia e bar. O Spa Buddha tem serviços a partir de 80 reais. Há ainda aulas de vela com a atleta olímpica Luísa Gondolpho e esportes aquáticos.

nailia-72
8-Voar sobre as águas no melhor estilo De Volta Para o Futuro. Conhecida como flyboard, a modalidade criada na França é feita com uma prancha conectada a um jet ski por meio de uma mangueira. Parece fácil, mas se equilibrar no ar com o equipamento, que leva o indivíduo a até 10 metros de altura, requer algumas divertidas tentativas. Atenção: a engenhoca suporta, no máximo, 120 quilos, e cada sessão de 25 minutos sai a 300 reais na 360.

fly-board

9- Passar um dia de rei na piscina de um hotel cinco-estrelas. Um dos endereços herdados na cota da Olimpíada, o Grand Hyatt Rio de Janeiro, no início da Praia da Reserva, abre também para day use. Além da piscina e do deque molhado, o cliente pode aproveitar a areia com cadeiras, espreguiçadeiras e ombrelones. A partir de 150 reais por pessoa.

piscina-hotel-grand-hyatt-rio
10- Ver de perto obras-primas de mestres como Cézanne, Picasso e Van Gogh. Se você não conseguiu viajar nas férias, não se preocupe: não será preciso ir a um museu europeu para apreciar mais de 100 pinturas vindas diretamente do acervo do Masp para o Centro Cultural Banco do Brasil, no Centro. Grátis.
11- Começar um domingo light curtindo um chorinho na praça. Na fronteira entre Laranjeiras e o Flamengo, a Praça São Salvador é um dos pontos mais tradicionais da cidade, muito frequentado por artistas da cena alternativa. Se nas noites de sexta e sábado os jovens abarrotam o local, nas manhãs de domingo, a partir das 11 horas, quem toma conta do lugar é a roda de choro do grupo Arruma o Coreto. Vale visitar a feira de artesanato e gastronomia que segue tarde adentro. E ainda é de graça.
12- Degustar comidinhas com a Baía de Guanabara ao fundo. Mesmo quem não pretende ir aos shows pode aproveitar a bela vista da varanda a ser montada no cais. Ali ficará o espaço batizado de Calçadão Original, onde haverá food trucks, DJs, pocket shows e artistas de rua, com livre acesso do público. É gratuito a partir das 12h.

13- Desvendar ângulos inusitados nas montanhas do Rio. Sucesso entre os aventureiros de fim de semana, a Pedra do Telégrafo ganhou as redes sociais depois de visitantes terem postado fotos pendurados em uma espécie de penhasco. Quem deseja desvendar outras vistas surreais lá no alto pode fazer a trilha até a Garganta do Céu, no caminho da Pedra da Gávea. Os passeios custam a partir de 180 reais

pedra-do-telegrafo

14- Ver as manobras das feras do skate ao vivo. Para quem nunca foi ao Parque Madureira, chegou uma boa hora de conhecer o lugar. Em sua quarta edição, o Oi Bowl Jam desembarca por aqui com ídolos das rodinhas, de 27 a 29 de janeiro. O americano Alex Sorgente, o atual campeão mundial, é um deles. Como o esporte se tornou olímpico, será uma chance de ouro de ver de perto os atletas que brilharão nos Jogos de Tóquio, em 2020. Grátis.

Parque Madureira - Skate

Parque Madureira – Skate

15- Conhecer uma das rodas de samba mais tradicionais da cidade. Toda segunda, Moacyr Luz comanda os batuques no Clube Renascença no Andaraí, antigo reduto do movimento negro carioca. É comum encontrar por lá grandes bambas da música popular, como Teresa Cristina e Toninho Gerais, figurinhas fáceis no Samba do Trabalhador. O ingresso custa 20 reais, e os músicos começam a afinar os instrumentos às 17h.

Clube Renascença! Sim é uma segunda feira! rs

Clube Renascença! Sim é uma segunda feira! rs

16- Visitar os novos seres marinhos do AquaRio. Desbravar as profundezas oceânicas ficou fácil. Recém-inaugurado, o maior aquário da América do Sul, com 4,5 milhões de litros de água salgada, apresenta por ora 200 espécies, de estrelas-do-mar, cavalos-marinhos e peixes-palhaço (o Nemo, do desenho animado) a raias e tubarões. Durante o passeio, é possível até mesmo tocar alguns deles. O ingresso custa 60 reais para moradores do Rio.

Aqua Rio

Aqua Rio

 

17- Fazer um piquenique no mais novo parque da Zona Sul. Privatizado desde 1965, o terreno onde já funcionaram um cinema drive-in e a academia Estação do Corpo, às margens da Lagoa, virou um espaço de lazer público, o Parque das Figueiras. São 18 000 metros quadrados com equipamentos para exercícios físicos e três figueiras gigantescas que oferecem sombra aprazível para estender uma toalha quadriculada.

Parque da Figueiras - lagoa Rodrigo de freitas

Parque da Figueiras – lagoa Rodrigo de freitas

18- Tomar um banho refrescante numa cachoeira pouco conhecida. Esqueça as praias lotadas (e nem sempre limpas). O Parque Estadual da Pedra Branca, nos arredores de Vargem Grande, estende-se por mais de 12 000 hectares na Zona Oeste e oferece quedas d’água tranquilas para visitantes de todas as idades. A Cachoeira da Macuíba, por exemplo, forma uma agradável piscina natural. Os aventureiros podem arriscar, ainda, a subida de 11 quilômetros até o Pico da Pedra Branca, o ponto mais alto da cidade, com 1 024 metros de altitude.

Cachoeira da macuíba -

Cachoeira da macuíba –

19- Petiscar em cima de um morro, com uma das vistas mais bonitas do Rio. O programa não é barato, mas inclui uma exuberante paisagem. No topo do Pão de Açúcar, o Clássico Beach Club , filial do quiosque na Barra, serve sanduíches e comidinhas caprichadas. Em janeiro, o pôr do sol será embalado por DJs. O espaço, no entanto, só é acessível pelo bondinho, que custa 76 reais.

classico-beach-club-foto

20- Contemplar a incrível vista da entrada da Baía de Guanabara. Famoso e visitadíssimo, o Forte de Copacabana costuma eclipsar o brilho e a beleza de outra fortificação igualmente imperdível. Com visão de 360 graus da Praia de Copacabana e a um ângulo estratégico da Baía, o Forte do Leme  fica a 124 metros acima do nível do mar. O acesso, a pé, é pelo Morro do Leme, uma reserva quase intocada de Mata Atlântica. A entrada custa 4 reais. Detalhe importante: é proibido circular lá dentro com trajes de banho ou sem camisa.

Forte de copacabana, Além da vista privilegiada, ainda pode tomar um café Reforçado na tradicional confeitaria colombo.

Forte de copacabana, Além da vista privilegiada, ainda pode tomar um café Reforçado na tradicional confeitaria colombo.

Gostaram das dicas de verão no Rio?? Aproveite e segue a gente no instagram @ascariocas21 que lá tem mais dicas!! E se você está no Rio e quer mostrar pra todo mundo o que você mais gostou do verão carioca pode usar a #ascariocas21 que nós estaremos lá, prontinha pra ver suas imagens cariocando pela Cidade Maravilhosa!

 

beijos Milla

, , , , ,
Camilla Souza

Carioca da gema, apaixonada pelo Rio de Janeiro, pelo Carnaval, por dias de sol e céu azul, praias e pelas belezas da Cidade Maravilhosa, por moda e tudo de bacana que essa cidade nos oferece. Sou Carioca, sou do Rio e sou MUITO FELIZ!!

Veja meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *