Roteiro de 4 dias em Dubai

5 de Abril de 2015
na categoria: Pelo Mundo
Roteiro de 4 dias em Dubai

Roteiro de 4 dias em Dubai

Viagem Dubai e Tailândia

Em Dezembro de 2004, quando o mundo inteiro se voltou para a tragédia que havia acontecido na Ásia – o Tsunami, falei pra mim mesma que este seria um destino que jamais entraria nos meus planos. Mal sabia que exatos 10 anos depois, onde eu estaria??? Na ÁSIA…Mais precisamente na Tailândia!

A escolha do destino se deu por motivos óbvios. A Tailândia é um país barato, com uma cultura rica e super interessante, além de belezas naturais de tirar o folêgo! Precisa de mais alguma coisa? Sim…precisa! Precisa das dicas que daremos aqui, pra que você, carioca da gema ou de coração, se jogue nessa aventura deixando sua marca “suingue sangue bom” por onde passar!

DUBAI

Como não existem vôos diretos para a Tailândia, a sua escolha vai depender do quanto você está disposto a pagar, da sua paciência, do seu desconforto em ficar horas e horas em um vôo ou em aeroportos e por último, o lugar que estará mais próximo do seu destino final. Você fará conexão em algum país da Europa, África ou Oriente Médio. Optei por fazer conexão em Dubai.

Então, vamos às dicas de Dubai???

Vista interna do Complexo Mabinat jumeirah

Vista interna do Complexo Mabinat jumeirah

Roteiro para 4 dias

Informações Importantes:

Fuso Horário: + 7 horas

Quando ir: Fui em Novembro. Estava bem quente e pelo que pesquisei, seja qual for a época do ano, o calor sempre se fará presente.

Visto: Precisa de visto para entrar em Dubai. Os mais utilizados são:

  • Visto de Trânsito: Mais utilizado por turistas. É válido por 96h
  • Visto de Turista: Autoriza permanência de até 30 dias
  • Visto de Visita: Autoriza permanência de tá 90 dias

Os valores variam de acordo com o tipo de visto e o mesmo pode ser retirado através do sitewww.uae.org.br , hotel ou companhia aérea. O site informa os documentos necessários para essa solicitação. Após preenchimento do formulário e envio dos documentos necessários,demora uns 7 dias para o recebimento do visto. Assim que desembarcar, você tem que apresentá-lo à imigração.

Moeda: Dirham

Língua: Árabe. Fique tranquilo…o inglês é bem compreendido!

E agora vamos ao que interessa?!

Vôo: A minha escolha por Dubai se deu pelas seguintes razões: Voar de Emirates (a experiência de voar pela Emirates merece um post dedicado à ela…SENSACIONAL). Vôos partem diariamente e tem duração de 14 horas; Outra razão é que Dubai me pareceu o local mais próximo do destino final e por último mas não menos importante, seriam apenas dois vôos até chegar à Bangkok. Sim…tenho os meus pavores de avião! Rsrsrsr. De Dubai para Bangkok são 6horas de vôo.

Hoteis: Quando inseri Dubai em meu roteiro, pesquisei bastante em blogs e no tripadvisor sobre onde ficar. Para mim, essa é uma das escolhas mais importantes e também uma das mais difíceis a serem feitas. Sempre decido por um hotel com um preço justo, boa estrutura,localização e facilidade de locomoção. Considerando essas variáveis, optei por ficar no Marmara Hotel. Ele fica localizado no bairro de Al Barsha. Não é o hotel mais glamouroso ou espetacular que tem em Dubai, mas atendeu perfeitamente até porque uma coisa que não fico, é em hotel (amo explorar a cidade), mas mesmo assim possui uma ótima estrutura…parece um apartamento. Fechei esse hotel e os demais no site www.hoteis.com

Sempre escolho esse site porque você já paga na hora (pode parcelar) e não existe a possibilidade de tomar um susto com a variação do dólar. Ele considera a cotação no dia em que você fecha.

Dica 1:

Tenha uma coisa em mente: Dubai é um lugar caro…bem caro! Qualquer hotel que vá ficar, não será barato. A não ser que fique na parte velha (Deira), o que pra mim não compensa, porque é longe de tudo, não tem as mesmas ofertas de transporte e certamente o mesmo encanto. Fique em locais perto de linhas de metrô. O nosso hotel ficava perto da estação do Shopping Center dos Emirados e poderia ser chegar a pé até ele. O Marmara disponibiliza van que leva e busca da praia de Jumeirah – onde fica localizado o famoso hotel Burj Al Arab. Táxi é uma outra opção a ser considerada a um preço justo.

O que fazer: Várias são as opções de lazer em Dubai, depende muito do seu perfil. Como gosto mais de explorar a cidade e sentir sua energia, me interesso mais pelas atividades externas.

Dia 1: Como o fuso nos impediu de ter uma noite de sono tranquila, embora não goste, acabei dormindo até tarde. Optamos num primeiro momento, curtir uma praia. Como já informado acima, fomos pela van do hotel à praia de Jumeirah, aquela que tem em sua lateral, o famoso hotel Burj Al Arab. Almoçamos em um complexo chamado Madinat Jumeirah, esse complexo fica bem próximo ao Burj Al Arab e tem algumas opções de restaurantes e lojas.

À noite, fomos ao Aquário de Dubai, uma aquário gigante que fica dentro do shopping Dubai Mall. Programa super legal e que vale muito a pena! Você passa por um túnel com várias espécies de peixes, raias e tubarões. Nos demais andares existem vários outros aquários menores com outras espécies de vida marinha.

Praia de Jumeirah: Hotel Burj Al Arab ao fundo

Praia de Jumeirah: Hotel Burj Al Arab ao fundo

 

Aquário principal – Túnel de Entrada

Aquário principal – Túnel de Entrada

Aquários menores localizados nos andares superiores

Aquários menores localizados nos andares superiores

Dia 2: Fomos ao Burj Khalifa (828 metros), o prédio mais alto do mundo. O ticket tem que ser comprado com antecedência pelo site www.burjkhalifa.ae. Existem algumas opções de horário e o elevador que leva ao topo sai impreterivelmente no horário marcado. O acesso a este elevador se dá por dentro de um shopping, é só seguir a direção das placas “At the top”. Fomos pela manhã e a subida deste elevador ao topo é tão rápida que você nem sente o deslocamento.

A vista te dá uma noção da grandiosidade deste lugar. Após a visita ao prédio mais alto, fomos ao Gold souk (mercado do ouro). Fomos de táxi e voltamos de metrô. Fui em uma intensa expectativa de achar ouro a preços absurdamente mais baratos, mas como disse, Dubai é caro, logo os produtos lá vendidos ainda que mais em conta que em outros lugares, continuava caro. Uma coisa chata: Vendedores te abordam o tempo todo como se fosse um favor eles te oferecerem seus produtos, mas tudo bem! Voltamos ao hotel, comemos uma coisinha, tomamos banho e fomos para o Dubai Mall já à noite para assistir as Fontes de Dubai.

O espetáculo acontece várias vezes com pequenos intervalos. Uma dica é você assistir duas vezes, isso porque da primeira vez será difícil você conseguir um bom lugar. Quando o espetáculo se encerra, as pessoas vão saindo e com isso abrem espaços mais interessantes.

Hall do elevador que dá acesso ao topo

Hall do elevador que dá acesso ao topo

Vista do topo do Burj Khalifa

Vista do topo do Burj Khalifa

Uma noção do tamanho: Os demais prédios somem ao lado dele.

Uma noção do tamanho: Os demais prédios somem ao lado dele.

Fontes de Dubai

Fontes de Dubai

Dia 3: Fechamos o passeio da Safari no deserto em Abu Dhabi e compramos no próprio hotel. O rapaz do passeio chegou no horário marcado e a distância de Dubai a Abu Dhabi durou cerca de 1h30’. Ao chegarmos ao destino, você olha de um lado: areia…olha do outro lado: areia! Nada nadica de nada além disso! Ao entramos naquela imensidão de areia, o motorista deu início ao rally. Como são dunas sinuosas, emoção e desespero não faltaram nessa travessia!

Gritei e gritei muito! Devem ter me achado maluca. Esse trajeto foi o que chamamos por aqui de: “com muita emoção”. Após a travessia punk, chegamos a um espaço no meio do nada. O local era cheio de tapetes, algumas lojinhas com souvenirs e barracas para tirar fotos com trajes típicos. Neste pacote referia churrasco árabe e confesso que não decepcionou…DELICIOSO e bem farto! Anoitecemos lá e neste mesmo local tiveram alguns

shows com danças. Voltamos mortos de cansaço. Chegamos ao hotel, pegamos nossas malas e

partimos para o aeroporto rumo à Tailândia.

Deserto de Abu Dhabi

Deserto de Abu Dhabi

Aguardando o churrasco árabe! ;D

Aguardando o churrasco árabe! ;D

Show no Deserto.

Show no Deserto.

E aí gente, gostou das dicas da Maria Clara? Tem uma segunda parte saindo já já, contando tudo sobre Tailândia!

Seja bem vindo As Cariocas Maria Clara! ; )

, , , , , ,
Maria Clara

Enfermeira de formação e viajante por vocação. Gosto das coisas simples da vida...boas risadas, boas companhias e boas histórias. Buscando isso, sempre me jogo para novas experiências e descobertas seja qual for o destino. Não se precisa de muito pra ser feliz!

Veja meus outros posts

3 comments on “Roteiro de 4 dias em Dubai”

  1. Pool disse:

    Adorei Carby!
    Ótimas dicas!

    1. Maria Clara Maria Clara disse:

      Pool, certamente vc iria preferir um hotel mil estrelas em Dubai do que estar aqui num domingo de manhã. ;p

  2. juçara fernandes disse:

    Maria Clara, adorei o resumo de sua experiência em Dubai. Viajar é realmente maravilhoso. Espero um dia poder aproveitar suas dicas para
    conhecer Dubai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *